O ‘topa tudo por dinheiro’ de Sílvio Santos. Assista


Já saíram do ar, tão subitamente como entraram, as esdrúxulas vinhetas do SBT com evocações aos tempos da ditadura militar.

Montagens grotescas, feitas em cima da perna, desenterrando Don & Ravel, “O Cisne Branco” e o que a gurizada traduzia como “Japonês tem Quatro Filhos”, mandadas fazer pessoalmente por Sílvio Santos e sugerindo o tradicional “ame-o ou deixe-o”.

Sílvio, como se sabe, já nos deixou e mora na Flórida.

Mas resolveu candidatar seu SBT  a “sub” do bispo Edir Macedo, para ver se sobra algum da publicidade que a Record vai ganhar para suas emissoras.

Sabe como é, né: “eu te amo meu din-din, eu te amo, ninguém segura os picaretas do Brasil“.

Aliás, muito adequadamente, utiliza, se você reparar bem, uma bandeira onde o “e” entre Ordem e Progresso é grafado com o ampersand, o & comercial, como se usa em negócios.


Der WhatsApp Chat ist offline

Comentários no Facebook