O que é Carlos Bolsonaro na “garupa” de Jair? Sinais, fortes sinais

Desculpe-me o folclórico José Maria Emayel  por furtar-lhe o slogan.

Mas colocar o vereador Carlos Bolsonaro, vereador pelo Rio de Janeiro, na garupa do Rolls Royce presidencial no desfile da posse são “sinais, fortes sinais” que os famosos filhos “01”, “02” e “03” têm delegação do poder presidencial.

Não ficaria bem, ante os outros deputados e senadores que Eduardo e Flávio ficassem sentados sobre o porta-malas do velho carrão.

Foi o Carlos, justo o seu cão de guarda ideológico – Bolsonaro dele já disse que ‘Filho de troglodita, troglodita é’ –  para simbolizar que o clã está autorizado a “ser presidente”.

Com o perdão da D. Damares, está oficialmente instituído o “Ministério da Família”, a “Casa” que não é civil nem militar, mas a doméstica.

Assim, na cara de todo mundo, como se aquilo não se trata, na solenidade, de uma quebra de regras deliberada, destinada a passar uma mensagem política clara.

Mas, ao que parece, não tem ninguém para se incomodar com isso, tão flagrante.

Carlos Bolsonaro no porta-malas dá, desculpe o Emayel, “sinais, fortes sinais.”

Comentários no Facebook