Na TV Afiada, o inferno astral da Lava Jato

Gravei ontem – antes, portanto, das operações desta manhã mirando em José Serra – um comentário para a TV Afiada onde listo e analiso os casos sucessivos de questionamento dos antes intocáveis procuradores do Ministério Público que, com a lava Jato, tornaram-se os escudeiros de Sergio Moro como “paladinos da moralidade” no país.

Vê-se, agora, que ali campeava a imoralidade, o dirigismo judicial, a violação das leis e da Constituição que, creio, nem mesmo a “operação lava a cara” desfechada com a – afinal! – denúncia contra Serra – por fatos e negócios sabidos há anos e que “não vinham ao caso” durante todo este tempo.

Assista.