“Melou” o Sisu. Justiça manda MEC comprovar revisão das notas

Aconteceu aquilo que todos sabiam que iria ocorrer desde que o MEC se mostrou perdido em relação aos erros cometidos na atribuição de notas do Enem.

A Justiça mandou apresentarem-se provas de que foi feita uma revisão geral das notas do Enem.

E, por isso, determinou a suspensão do Sisu, do Fies e do Prouni.

É o retrato da gestão – se é que se pode chamar assim – de Abraham Weintraub no MEC .

Um homem que já deveria, por mil e uma razões, estar fora do Ministério e que só está lá porque é um “baba-ovo” do bolsonarismo.

Merece ser empurrado para a borda da terra plana e ter revogado o criacionismo que o teria gerado.

Dos poucos orgulhos que carrego na vida, um é de estar sendo processado por este homem.

É o mínimo que devo à Escola Isabel Mendes, de meu primário, ao Ginásio Estadual Luís de Camões, à Escola Técnica Celso Suckow da Fonseca e à Universidade Federal do Rio de Janeiro, que me fizeram ser o que sou.

Weintraub tem de ser defenestrado, imediatamente, no MEC.

Não se pode fazer isso com 4 milhões e meninos e meninas que apostaram ali seu futuro.

Essa caricatura de ministro da Educação precisa sair já de onde está.

 

 

 

 

 

 

Comentários no Facebook