Joyce ou ‘Carluxo’: de quem os deputados vão temer as encrencas?

Salvo por uma surpresa, a indicação de Joyce Hasselman para o posto de líder do Governo na Câmara tem tudo para dar errado.

Embora tenha se contido nos últimos dias, até por estar de olho no posto, não é da natureza da ex-apresentadora ser discreta e flexível. Ou melhor, não antes da briga, depois sai pela tangente e recusa a fama de briguenta.

Como, pelo que se viu hoje, o Filho 03 do Presidente, Carlos,  passou a ser, também, o animador da reforma da Previdência nas redes, teremos borduna por todo lado.

Inclusive entre eles, que não se cruzam.

Janaína ensaiou uma rebelião contra Eduardo Bolsonaro, depois recuou. Mas nas mensagens teve de “louca” para baixo.

No caso da demissão de Gustavo Bebianno, Joice chamou de “coisa de louco” a intromissão de Carlos.

Hoje mesmo fizeram um ensaio. “Carluxo” postou uma nota sobre uma possível aproximação entre Joice e João Dória Jr, para uma candidatura à prefeitura de São Paulo. Joyce ficou mordida e disse que era intriga da Folha e que estava totalmente dedicada à Previdência. O “03” deixou barato e desejou sucesso e sorte.  Ficou, porém, o registro da desconfiança sobre as ambições da deputada.

Vamos ver quanto tempo Hasselman consegue controlar o estrelismo.

Na Câmara dos Deputados, mais que em nenhum lugar, funciona o ditado de que “pato novo não mergulha fundo”.

 

Comentários no Facebook