Guedes e o seu castigo

Entre as expressões que ficaram para além dele, Leonel Brizola criou uma de rara profundidade.

“A maldição dos pobres”.

Foi, originalmente, usada para Moreira Franco, quando este assumiu o governo na onda do Plano Cruzado e começou a destruir os Cieps.

33 anos depois, é provável que aconteça mais uma “edição” de tal praga rogada.

A quinta-feira promete tremor nos mercados financeiros, com o aumento do número dos diagnósticos significando que a retração econômica na China está sujeita a durar mais tempo e, pior, se o número do IBGE sobre o setor de serviços acompanhar a direção de queda registrada na indústria e no comércio.

Mas é o episódio de grosseria “sincera” de Guedes, defendendo o câmbio alto e debochando das empregadas domésticas o que responderá pelos abalos do dia, já antecipado por quedas fortes nas bolsas asiáticas e europeias e pelo premarket de Wall Street.

A capa do Extra captou a mensagem.

Comentários no Facebook