Gilmar, no Roda Viva: STF foi cúmplice da Lava Jato

Parece que a imprensa brasileira já não “dá muita bola” para aquilo que, em qualquer parte do mundo democrático, seria manchete.

Anteontem, o presidente do Supremo disse que havia planos de “atentado terrorista” contra o STF.

Agora, outro integrante da Corte, Gilmar Mendes, diz que o tribunal foi “cúmplice” das irregularidades de Lava Jato.

E, de novo, parece ter passado em branco.

Pois é, a leniência dos tribunais superiores, passando anos a fio a “passar pano” para Sérgio Moro cobra-lhes, hoje, este preço.

A perda da credibilidade pública e da autoridade que deveria ter exercido.

E não exerceu.

Agora, tem dificuldades em “falar grosso” de tanto que afinou sua própria voz.

 

Comentários no Facebook