Gilmar Mendes é o Supremo. E já absolveu Jucá

gilmarstf

Gilmar Mendes é a melhor tradução da frase célebre de Millôr Fernandes:

Mais importante que ser genial é estar cercado de medíocres.

Como nenhum ministro do STF se disse escandalizado (se é que algum está) por Romero Jucá ter dito que a derrubada da Presidente Dilma Rousseff, Gilmar tomou a frente e já deu seu veredito.

Não foi nada de mais, apenas uma “impropriedade” de Jucá, segundo relata o G1,  “quando disse que conversou com ministros do STF e ao se referir a um “acordo” com a Corte para viabilizar o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff e levar à Presidência o interino Michel Temer”.

“Não vi isso [tentativa de obstruir a Lava Jato]. A não ser, uma certa impropriedade em relação à referência ao Supremo. Sempre vem essa história: já falei com os juízes ou coisa do tipo. Mas é uma conversa entre pessoas que tem alguma convivência e estão fazendo análise sobre o cenário numa posição não muito confortável”.

Como Romero Jucá, senador, tem foro privilegiado, se vier a ser acusado pela Procuradoria Geral da República, será julgado pelo STF por obstrução da Justiça, já temos aí a absolvição de Gilmar, dada com antecedência.

Delcídio do Amaral, se já não tivesse livrado a pele com uma delação premiada daquelas lotadas de acusações e vazia de provas, bem que poderia entrar com uma ação pedindo isonomia com Jucá, porque o que ambos fizeram, quando a dizer que estavam “conversando” com os ministros, foi o mesmo. Muito mais grave, aliás, com Jucá, porque se tratava da derrubada de um governo.

Aliás, Jucá disse que “foi uma cagada geral” o Senado ter deixado Delcídio ir em cana pela furiosa decisão do STF que “não admitia” suspeitas sobre si.

Gilmar merece aplausos. É um Gulliver em Liliput.

PS. Leio agora no Nassif que Celso de Mello transfere a Gilmar a presidência da Turma que julgará Lava Jato . Que maravilha! Viva o Brasil!

 

Comentários no Facebook