“É tudo nosso”, diz lançador do “Voz da Inquisição”

Com a notícia, no Estadão, de que será lançado o jornal oficial da extrema-direita, sob a presidência de Olavo de Carvalho, fui ver no que consistia o tal Brasil Sem Medo, que confessadamente vem para desbanca o site que chamo de “O Bolsonarista” como hospício oficial do meninos do capitão.

E lá está, exposto aos gritos por um sujeito que, se não berrasse na tela chamaria a atenção apenas por seus bigodes engraçados a la Hercule Poirot, o plano de “invadir o Brasil” com o fundamentalismo olavista,

Tanto que, logo na apresentação, o tal Bernardo Küster anuncia:

— O presidente do jornal é o professor Olavo [de Carvalho]. Não gostou, já vai embora, vai embora, não precisa clicar…

E aí começa a operação caça-níqueis, anunciando que o jornal será pago e perguntando se os adeptos do fundamentalismo preferem pagar pelo “maior jornal conservador do país” ou “encher o bucho com três cervejas numa noite”Como você vê, tudo num alto nível de seriedade e apelo aos mais elevados valores cristãos.

O pretendente a Cidadão Kane canta vitória: “é tudo nosso, eles só não se deram conta ainda.”

Sei não, acho que todo mundo vai preferir as cervejas.

Comentários no Facebook