Disney está saindo caro para o BC

“Está um pouquinho caro”, disse Jair Bolsonaro, ao comentar – e só nisso, esquecendo das empregadas domésticas na Disney – a desastrosa fala de ontem de Paulo Guedes.

Só Deus sabe o quanto terá custado ao “mito” se conter diante da estupidez de seu ministro, até porque seu cérebro limitado acha que prosperidade econômica é dólar barato-gasolina barata- inflação baixa, sem compreender que estes não são valores absolutos, mas ferramentas de política econômica.

Mas dá para ter noção do que custou ao país: o BC teve de reaparecer no mercado de câmbio, com US$ 1 bilhão de contratos de swap, que consiste vender dólares com garantias da cotação atual mais algum juro.

A queda de 0,4% no volume de serviços, em dezembro, registrada hoje pelo IBGE veio mais forte que a esperada, completando o trio de quedas – indústria, comércio e serviços – que esfriou a festa do “agora a coisa vai” do final do ano. Não se espera melhor sorte para janeiro.

Depois de cinco anos de retração ou estagnação, é muito difícil fazer com que o Brasil não cresça.

Mas este governo está conseguindo.

Comentários no Facebook