Desemprego dispara nos EUA: 3,3 mi pedidos de auxílio em uma semana

Deu na CNN norte-americana: os pedidos de auxílio desemprego nos Estados Unidos, na semana encerrada no domingo passado, dispararam para 3,28 milhões.

É quase cinco vezes o número recorde, de outubro de 1982 e o da eclosão da crise mundial de 2008, como você vê no gráfico.

Recorde-se que, em alguns poucos estados norte-americano foi decretado o fechamento de atividades não essenciais.

Não adianta dizer, como diz Donald Trump, que a economia não pode parar.

Ela está parando e vai parar, porque as pessoas – exceto alguns governantes e empresários – não estão dispostas a um morticínio.

Hoje, o número de casos nos EUA vai superar, no total, os registrados na Itália.

Com poucos dias e com o agravamento da situação dos pacientes, as mortes, que já acumulam mais de mil por lá, subirão para perto deste número por dia.

Só aqui, na imaginação do psicopata que está na Presidência, vai ser uma “gripezinha” que se cura no culto evangélico.

Comentários no Facebook