Damares e a masturbação dos bebês de sete meses, assista. Vamos virar chacota…

Não dá para fazer muitos comentários sobre a futura ministra dos Direitos Humanos.

É covardia tripudiar sobre sua capacidade de dizer bobagens.

Nem é bom imaginar o que fará, com sua ânsia em produzir frases de efeito como a de hoje, de que “a gravidez é um problema que só dura nove meses”.

O essencial, nesta história, é como o novo governo enxerga a questão dos direitos humanos, que se expressa na sua escolha.

É uma espécie de formalidade, quase um quartinho de despejo onde se jogam as questões de “menor importância”.

Nas quais, aliás, foi colocada também a questão indigenista, quando se colocou ali a Funai e o destino dos remanescentes dos povos originais do Brasil.

Afinal, reuniram-se sob a estupidez da pastora Damares todas as minorias que, ou se adequam ou devem desaparecer.

Damares é uma chacota e fala bobagens hoje em escala menor, muito menor, do que já falou nos últimos anos.

Como neste vídeo em que diz que Marta Suplicy, quando prefeita de São Paulo, tinha programas para “masturbar as crianças a partir dos sete meses de idade”.

Não dá para comentar.

Duvida do que eu digo? Assista:



Der WhatsApp Chat ist offline

Comentários no Facebook