CCJ atropela Constituição e insiste em votar PEC da Previdência

É impressionante o cinismo da condução dos trabalhos na Comissão de Constituição e Justiça.

A oposição reuniu as assinaturas necessárias para sustar a tramitação da PEC da Previdência, pela ausência dos dados que o governo considerou sigilosos.

Mais, até, que as 103 assinaturas necessárias.

É letra expressa da Constituição, que está sendo ignorada.

O presidente da Comissão, Felipe Franceschini disse, pouco antes, que suspenderia se houvesse assinaturas de 1/5 da Câmara.

Não foi digno de sustentar o que disse.

Se a oposição quisar se comportar de “bom-mocismo”, a Constituição será atropelada.

E é o que parece que vai acontecer.

Saudades do brizolismo, que entrava de “peitaço” nestas situações.

Infelizmente, boa barte da oposição se comporta como lordes diante de canalhas.

Comentários no Facebook