Bolsonaro: italianos não morrem por vírus, morrem por frio e por velhice

Será que Jair Bolsonaro considera burros os médicos italianos e os dirigentes da Organização Mundial de Saúde?

Hoje, ao falar das mil mortes do dia na Itália – já 10 mil, no total – disse que elas não são causadas pelo novo coronavírus, mas pelo frio e pela idade dos italianos.

Se não fosse mórbido, seria de rir de tamanho imbecil.

Bolsonaro voltou a chamar de “gripezinha” e mostrou-se frio com o drama humano: “Alguns vão morrer? Vão! Fazer o que, é da vida…”.

Certamente estamos todos boquiabertos com a capacidade de Jair Bolsonaro de fazer autópsia à distância e ter descoberto que todas as pessoas morrem.

Acho que deveríamos pedir à embaixada da Itália que levasse Jair Bolsonaro para participar do recolhimento de cadáveres em Milão, região mais atingida para ver o rosto daqueles que ele diz que podem morrer pela peste.

Comentários no Facebook