Boeing manda Embraer parar fábricas por um mês

O Estadão diz que o novo comando da Embraer, exercido agora pela Boeing, determinou que as fábricas de São José dos Campos e de Belo Horizonte de 6 a 20 de janeiro.

Com as semanas anteriores, de Natal e Ano Novo, que começam na sexta-feira, 20 de dezembro, é um mês de paralisação da produção.

Curioso é que isso se dá num momento de crise da Boeing, que está às voltas com o drama de seu modelo 737 Max, envolvido em acidentes fatais.

Oficialmente, a pausa é para a “troca de comando” na empresa.

Portanto, não é apenas uma troca gerencial, mas operativa.

Não se descarte, portanto, a transferência da produção de algumas partes e peças fora do Brasil, para resolver a ociosidade das plantas da Boeing por todo o mundo.

O desmanche começa a aparecer.

Comentários no Facebook